sexta-feira, novembro 12, 2004

Clarice Vogler

Ruas do Recife Antigo. Noite. Artistas declamando textos enquanto compro vinho. Uma linda e jovem atriz lisonjeada com alguns elogios.
Uma mulher misteriosa, de aproximadamente trinta anos, que se disfarça e marca encontros com uma jovem, ensaiando gestos, repetindo falas combinadas, subtextos intencionais. Para quê? Não se sabe...
Tudo uma peça de rua, acontecendo em esquinas e prédios do bairro boêmio. Apenas eu assisto. Três atores (sendo um deles a bela jovem) mais a mulher misteriosa que só aparece no final.
Em uma cena, trancam-se em uma sala; apenas ouço as conversas por trás da porta branca, até que observo pelo olho mágico. Cacoetes e expressões distorcidas pela pequena estrutura de vidro, repetindo-se indefinidas vezes.
(Assistir a uma peça encenada só para você, por meio de um olho mágico? Só sei que foi assim...)
Uma trama circular, um nó na história, uma esfera se desprende e atravessa o corredor, dando início à cena do encontro: a jovem e Clarice Vogler, juntas. Falas ensaiadas (pelos personagens, não pelos atores), desentendimento – não está sendo feito da forma correta, reclama a mulher madura. Ponto circular da trama, tudo se reinicia naturalmente, a peça inteira mais uma vez, e minhas ações também. A compra do vinho; os elogios; a beleza da jovem atriz; Clarice Vogler – quem é ela? No meio de tudo isso, um desfile por uma ponte, ao som de uma música grotesca que não sai dos ouvidos, cantada de forma meio infantil, meio demente.
Círculos...

Isto não foi sonho, foi experiência fora do corpo. :P E ainda acordo esquecido de onde estou...

2 comentários:

patsy disse...

nossa fábio, e que viagem viu!! :P hauahuahua e eu adorei a cena em que você olha a peça através do olho mágico :P verdadeiramente surreal!! :D

enquanto lia esse teu texto lembrei q Carina é ótima pra decifrar sonhos (ou seriam experiências fora do corpo? :P), vou avisar pra ela vir aqui e tentar explicar o mistério de Clarice Vogler :D hauhauhua

:************

Anônimo disse...

Felipe:

Desvendou? Então conta aí pra nós!!! :D