sábado, janeiro 19, 2008

eu não morri, muito prazer

Chega essa época de obrigações acadêmicas, prazos vencendo, preocupação, ansiedade afetiva, alimentação escassa e também da equação guaraná + cigarro + café = dor de estômago, aí eu vou ficando assim com essa cara de noivo cadáver.


***

Ontem já havia um monte de gente enlouquecida ligando, mandando mensagens ou “acabando de entrar” no msn pra comentar sobre a festa do guaiamum treloso, hoje à noite. E pra piorar, agora, enquanto escrevo aqui, meu cunhado está na cozinha com seu radinho de pilha - que está tocando aquela do saca-saca-saca-saca-rolha (com direito a dedinho levantado e tudo!)

Ok, está declarada oficialmente a impossibilidade de continuar ignorando o carnaval. Depois, quando não resistir, tenho todo o direito de não me sentir um completo irresponsável. Não é mesmo, minha gente?

3 comentários:

ana borba disse...

como assim ignorar o carnaval, baläo?!?!?!
vc tá doido?!?! d.o.i.d.o!!!

pense (nas milhares de criancinhas passando fome na áfrica... ops, discurso errado...) pense em mim (chore por mim, liga pra mim) que estou aqui congelando, sem carnaval bom ou ruim... eu disse SEM carnaval de nenhum tipo...

baläo, desliga essa computador e (vai ler um livro... ops) vai pra zOlinda!

bjo

lavis disse...

balaoooooooo
my love
quero vc agora now
quero fofocar muito muito com vc! te abraçar , te beijar
hummmmmmmmmmmmmmmmmm
uiuiuiiiiiiiiiii

xero my love eme liga sempre

ana borba disse...

amo muito os comentários de lavis