domingo, dezembro 03, 2006

enquanto isso

“- Meu Deus, por que me abandonaste?
- Porque eu não existo."

6 comentários:

Natha disse...

hauahauahuahauhauahuahau
"-sou eterno, porra!"
hauahauhauauaauhauhauahu

Natha disse...

eitá! Deu vontade daquelas conversas-de-bar...

LaviS disse...

balaooozinhoooooooooo my love!!!!!!!!!! ahushaushaush

e agora fudeu tudo!!!!! nao posso nem mais cantar... segura na mao de deus e vai........... jah que ele ano existe!

beijos pa tuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

LaviS disse...

balaooozinhoooooooooo my love!!!!!!!!!! ahushaushaush

e agora fudeu tudo!!!!! nao posso nem mais cantar... segura na mao de deus e vai........... jah que ele ano existe!

beijos pa tuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

fabio disse...

ô, natha, vontade de muitas conversas em muuuitos bares... huahuahauhaua.
que fim de ano de corno esse meu. :\

fabio disse...

laaaavis love!! hauhauhahuaua. o negócio é pedir proteção a jah!
sua bêba internacional... hauahuahauhaua.
:*****